Marcelo Magoga

O Que é Vingança?

A vingança é um desejo constante de se implicar sofrimento a um indivíduo para que se iguale ao sofrimento que ele tenha implicado a um outro indivíduo ou grupo.

O Eu que está ferido, o Eu Ferido, é um instinto de proteção distorcido, o medo é tanto que ele mesmo cria situações negativas mas já previstas, mesmo que inconsciente, dando lugar às auto sabotagens.

Por mais que queira vivenciar uma relação sincera, o indivíduo que nutre vingança por conta de uma traição, por exemplo, pode acabar vivenciando justamente outras traições.

O Eu Ferido cria nossa realidade a partir das nossas memórias, crenças e pensamentos negativos, reafirmando nossos medos e alimentando pensamentos negativos, o prazer do Eu Ferido é associado a dor. É a vontade, com sentimento de segurança e angustia, de que “eu estava certo mesmo” e que nos faz dizer “está vendo? Sabia que ia dar tudo certo mesmo, que Sicrano ia me decepcionar, que eu não ia conseguir, que não sou merecedor, etc”.

O Eu Ferido é a parte de nós que sente prazer ao reclamarmos de tudo, do mundo e das coisas erradas da vida e é o mesmo prazer que se tem quando identificamos uma personagem vingativa em uma novela, filme ou livro por exemplo.

A definição de vingança pelo senso comum é assim e isto resume o que todos sabemos sobre mas esta não é a definição do que o ocorre na psique e com a vida do individuo que nutre tal sentimento dentro de si.

Veja o que acontece com a mente motivada pelo desejo de vingança:

Ego em defesa: a pessoa sente a agressão dentro de si, dentro de seu Eu que fica ferido e entra em estado de alerta e defesa.

Dor de ferimento: o individuo que nutre sentimento de vingança pode sentir dentro de si uma dor de machucado comum, que atinge o Eu e o Ego.

Vitimização: o que sente a dor causada por outro pode ter um sentimento de injustiça e que é uma vítima.

Ansiedade: a fixação de ver o outro sofrendo pelo que fez cria um estado de alta ansiedade e grande expectativa para que o tal mal se aplaque sobre a vida do seu algoz.

As Implicações no Comportamento e na Saúde

Quando a vingança é um sentimento passageiro, não há uma obsessão, pode se tratar de algo comum sem grandes impactos na vida da pessoa.

Mas quando se há a fixação, pensamentos recorrentes sobre vingança, é algo mais complexo, adverte que o individuo tem dificuldades de relacionamento agravando mais com o tempo. Neste caso a Terapia foca na forma como a pessoa enfrenta seus desafios.